terça-feira, julho 22, 2008

são paulo e o mundo

cada vez que vou a sampa, me pego pensanod em como sou pequena diante da imensidão cinza... e em quanto sou grande enquanto pessoa, qeu vai para lá pra trocar e ser tocada pelo novo.