quarta-feira, dezembro 19, 2007

quando eu te quiser

"quando eu te quiser, esteja em casa, esteja na sala de estar"
Eu vou pra casa mainha, to indo pra ficar com voces, estou indo pra logo voltar, porque aqui, aqui é meu lugar. Meu amor aqui me espera, meu coração assim se divide, mas minha alma é muito maior.
Lembra quando eu fazia poesia? e voce ainda acha que eu deveria voltar, é por isso qeu te amo tanto, é por isso que esse esforço faz tanto sentido.

quarta-feira, novembro 07, 2007

Tambem quero o movimento Cansei!

Cansei de tentar ser sexy, e nem curto a banda tanto assim, cansei de ser boazinha e legalzinha e sempre acabar me sentindo uma vca comigo mesma, cansei de ter medo de falar o que penso e magoar alguem, e continuar me magoando, cansei de falar demais e estragar tudo, será qeu dá pra dar certo alguma coisa,??? essa sindrome de 5ª Serie já deu no saco!!!

Por isso agora só escuto rokc KKK


Vilania - Noz

Nós, estávamos prevendo aquilo, Noz, é o alimento do
esquilo
Oz, um mágico por trás daquilo, Boss, o espírito santo
e o filho
E nós? Quem somos nós afinal? Apenas a 1° do plural
Nós na academia todo dia
Nós, dos imortais e nós na nossa voz
É tudo que a gente queria, Foz, talvez onde a vida se
cria
E nós? Quem somos afinal? Apenas a 1° do plural
Eu não sou você, Você não é nada que pensava;
Eu não sou alguém, Que tem alguém
Apenas; Uma alma penada,
Que pena do Boss que estava á junto
De nós, nós na nossa noz
Trago o tempo que havia, Trago o tempo que ainda há
trago
Pra queimar, há vida pra viver e tempo pra gente
queimar
Muito tempo pra viver e se amar
Trago o tempo pra você
Trago o tempo pra você queimar
Trago o tempo pra você soltar seu beijo
Fumaça no ar

sexta-feira, outubro 05, 2007

Faz muito tempo eu sei!!


Bom, acho até quer perdi a mão, faz tanto tempo. Fiz 25 a umas semanas, mas a melhor coisa de tudo foi estar com minha familia, ahh como é bom, passar a tarde vendo novela num dia de chuva com mami vó, tia e criança, ninguem me paga.

Bom, sei lá, outra hora eu volto, to meio sem inspiração...

sexta-feira, julho 06, 2007

ai, tanta coisa acontece, penso em passar por aqui e escrever qualquer coisa e sempre bate a preguiça e me segura, nem sei o que dizer... apenas que desaprendi aestar sozinha.
Não gosto de ficar sozinha, quero pessoas por perto, quero meu amor por perto, quero esticar meus dedos e sentir o limite de sua temperatura.

sexta-feira, abril 06, 2007

saudade

Essa saudade que me arrebata e nme me deixa dormir direito. essa falta de sei lá o que direito que não me deixa nem pensar
um vazio que não entendo, repleto de felicidade por saber que é falat de voce. As vezes é preciso um pouco de distancia fisica para poder respirar e retomar o folego, ficar um pouco comigo para entnder o quanto voce é importante para mim.
Essa saudade

quinta-feira, março 15, 2007

Mundo cotidiano

É incrivel como podemos ser pateticos no mundo em que vivemos. Na ultima quarta feira fui trabalhar vestida de secretaria executiva ( leia-se o meu unico tailler que eu qeuria estreiar a tempos e não conseguia pq fazia um calor tremendo nessa cidade inundada pelo aquecimento global, mas bem, voltando ao meu trage de gala (hoje tive aula de etiqueta e dscobri uma palavra nova " lastimavel") então,´após passar o dia todo me sentindo um et, com todos perguntando onde eu ia tão elegante, chegou a hora de ir pra faculdade, encarar mais quatro aulas intermináveis, pego o busão habitual, desco no terminal, em pleno horário de pico e resolvo me alimentar, lá estou eu, parecendo recepcionista da unimed, a sim, meu taille é verde mesgo, na frente da janelinha da lanchonete esperando meu super x-salada, pego ele e saio correndo entre uma bocada e outra para a universidade, caminhando e pensando na existencia humana e quanto tempo eu teria que caminhar mais pra queimar aquelas calorias escuto um, "oi gatinha" que passa por mim, logicamente nem vi a cara do figura, mas foi uma situação tão absurda, eu lá na calçada, vestida de tailler e escarpam, comendo x-salada e quase correndo pra chegar na escola - uma cena basicamente bizarra-----
A modernidade chegou meus amigos, hoje passei o dia aprendendo como me portar bem e estar adequada a um evento de gala.... sabado vou torrar no sol na camapnha contra a dengue, nada muito elegante em distribuir lonas, mas bem mais util do que diferenciar os talheres sobre a mesa num jantar de gala!!!!