sexta-feira, março 24, 2006

O amor da minha vida!!!

Alguem tão igual a mim...
Meu Pai!!! Pai de verdade sabe? aquele cara que tá lá? é ele. Jamais vou conseguir esquecer o dia que liguei pra ele chorando porque não sabia se estava seguindo o caminho certo, se estava fazendo a faculdade certa e ele me disse: Minha filha, se você quiser largar tudo e fazer física, quimica ou qualquer outra coisa da sua vida você sabe que eu e tua mãe estaremos do teu lado. Isso me leva até hoje. Adorava contar piadas, interpretava com corpo e voz cada uma delas, adorava ver a gente feliz, adorava ter gente a seu redor, era um ganhador. Não por ter tido muitos bens, nem muito dinheiro, nem por ter sido um grande empreendedor, mas por lutar sempre, por não desistir, por ser humano, por amar e deixar ser amado.
Eu sabia que podia deitar minha cabeça sobre seu colo e chorar e dizer que era por nada, ele me acolhia... como sinto falta.`
É dificil escrever sobre ele, é confuso, tem tanta coisa pra ele fazer por aqui ainda...
Mas de espelho tenho ele, o amor da minha vida, verdadeiro e fiel a seus principios, eternamente desenvolvendo projetos e se virando, como a sauna caseira, que não chegou a concluir.
Comigo levo seu sorriso. Bom, o perfume não gosto de lembrar pq ele usava aquele maldito dimitri, que só de lembrar me embarga o estomago heheh
Mas felizmente uma coisa eu sei que ele levou, sabia que eu o amava, que nós o amavamos e ainda amamos...


Depois Melhora
(Musica de Luiz Tatit)
Sempre que alguem
Daqui vai embora
Doi bastante
Mas depois melhora
E com o tempo
Vira um sentimento
Que nem sempre aflora
Mas que fica na memória
Depois vira um sofrimento
Que corroi tudo por dentro
Que penetra no organismo
que devora
MAs depois tambem melhora
Sempre que alguem
Daqui vai embora
Dói bastante
Mas depois melhora
E com o tempo
Torna-se um tormento
Que castiga, deteriora
Feito ave predatória
depois vira um instrumento
De martirio duro e lento
Uma queda num abismo
Que apavora
Mas depois também melhora
E vira então
Uma força inexplicavel
Que deixa todo mundo
Mais amavel
Um pouco é consequencia
Da saudade`
Um pouco é que voltou
A felicidade
Um pouco é que tambem
Já era hora
Um pouco é pra ninguem
Mais ir embora
Vira uma esperança
Cresce de um jeito
Que a gente até balança
Enfim
As vezes dói bastante
Mas melhora
Enfim
É só felicidade
Aqui agora
É bom
É bom não falar muito
Que piora
Enfim
É só felicidade



"Grite o que tu pensas e o que tu sentes, essa vóz que não cala e que nunca calará, pois sempre estará aqui"
Eu... faz tres anos que Gelson Pereira Franco se foi... mas eu o escondo bem fundo em meu coração. e sempre o encontro.

Um comentário:

Dany Franco disse...

Foi tudo isso e continua sendo onde quer que ele esteja. Com aquele sorrisão enorme e o senso de humor aguçadíssimo sempre procurando uma vítima. Deve, inclusive, estar rindo da gente agora...